Microconto #602

O escritor dramaturgo chorava pelas mãos.

Microconto #601

Queria dar aos pais tudo o que sempre ganhou na infância.
Só que no caso deles, preferia que sangrassem mais.

Microconto #600

O coração desritmado do músico, batia no compasso errado do amor.

Microconto #599

Chamou os amigos, fez um brinde, puxou a arma e se matou.
Tirando o pai, ninguém ali na sala entendeu o motivo.

Microconto #598

Com um nó de certeza, amarrou a esperança em volta do pescoço, subiu 50 centímetros de confiança e chutou a cadeira de problemas.

Microconto #597

Chegou o dia em que não aconteceram mais desgraças e os super-heróis passaram a jogar xadrez na praça.
Cada um roubando ao seu modo.

Microconto #596

29... 30.
Virou e só encontrou a mãe, que em prantos disse: continua procurando, talvez um dia seu pai resolve aparecer.