Microconto #498

A banda passa.
Na janela Maria sorri.
Não é sempre que um som diferente do choro dos filhos abafa o ronco da fome.

Um comentário:

اري disse...

Poderosa instrumentalidade das imagems da vida cotidiana.
Mais sobre as mulheres:
http://microrecits.blogspot.com/2012/06/mulheres.html