Microconto #605

Meu filho nasceu.
Decidi visitar minha mãe, depois de 27 anos. A casa estava do mesmo jeito.
Ela me levou no quintal de terra, depois do almoço, mostrou o velho balanço pendurado no jacarandá e me deu umas sementes de presente. Aquilo plantou em minha cabeça uma árvore de lembranças.

3 comentários:

Fernanda Brandao disse...

Não demore tanto pra voltar lá. O balanço estará sempre à sua espera. :D



Olha, o Rabiiisco mudou de endereço... quando puder, venha nos fazer uma visita!
http://rabiiisco.wordpress.com/

Tiago Moralles disse...

Sempre voltar.
É importante para regar.

Tiago Moralles disse...

Fê, fui lá e tentei comentar, mas não lembro minha senha do Wordpress hehehehe. Droga. Gostei. O último texto, sobre a "arte do riso" é massa. Amanhã cai um aqui no blogue. Tá programadinho.