Microconto #618

A chuva molha o rosto e escorre junto com as lágrimas.
Ela confunde o céu.
Mas não confunde o coração.

4 comentários:

choco disse...

em terras longínquas, o coração haverá de confundir o céu quando, na aridez do deserto, as lágrimas parirem um oásis

Tiago Moralles disse...

Que belo comentátio heim.

Ninna Tomaz disse...

Comentário a altura do microconto. Os dois são excelentes!

barbara disse...

Uma lavada de lagrimas e chuva, faz bem ao coração. Quase um consolo.