Conflito a(r)mado

Eu confundo solidão com paz, garota. E a culpa é mais minha do que sua.
Apesar de você ter um pouco de culpa eu não te culpo tanto quanto gostaria.
Eu não te culpo porque tô sempre ocupado tentando não ficar sozinho.
E não me sobra tempo pra te botar culpa.
E sim, isso é mais uma desculpa.

Eu confundo paz com solidão, garota. E a culpa é mais sua do que minha.
Você me deixou sozinho e eu não te acompanho tanto quanto gostaria.
Eu não te acompanho porque vivo tentando achar alguém pra culpar.
E não me sobra tempo pra acompanhar ninguém.
E sim, isso é mais uma solidão.

Eu confundo guerra com multidão, garota.
Eu confundo fome com saudade, garota.
Eu confundo você com outras garotas.
Eu me confundo todo e a culpa eu já não sei mais de quem é.

Nenhum comentário: