trabalhadores sem brasil

oxalá a gente trabalhe menos
pra pagar o que quer mais
oxalá.
o menino veio aqui com latinha de moeda na mão
visse?
pedindo pão
mas não tinha moeda não
veio só cá latinha.
que também é metal
mas um dia alguém disse
que vale menos
só porque não tem rosto de gente importante
nem monumento nem construção.
vai saber quantas latinhas
precisa pegar na rua pra fazer moeda.
essas coisas não ensinam na escola não
que é pra gente não saber como faz dinheiro.
já pensou que coisa louca
se toda coca-cola aqui na venda 
fosse virar moeda pro pão?
quantas cocas ia custar o café da manhã 
na casa do filho de tonhão?
ei
aponte esse dedo pra cá não
visse?
que aqui ninguém é ladrão.
ainda me lembro bem
que o único vício lá em casa era comida.
todo mundo queria comer
todo dia
já imaginou?
baita desespero
já vi até meu pai vender tevê
pra comprar feijão.
eta vício danado de se ter.

Nenhum comentário: