não tenho nada a dizer

não vou escrever poema
nem carta
nem declaração.
no momento nada me agrada.
mas também nada desagrada
a ponto de botar na ponta do lápis.
não sinto saudades
não tenho rancores.
meus olhos estão secos
minha garganta também anda seca
será que é o tempo
sem escrever?
não tenho nada a dizer
e mesmo assim
já o disse.

Nenhum comentário: