Microconto #458

E lá vai ela, ao lado do marido, como sempre.
A frente do cortejo, segurando a alça do caixão.

Um comentário:

Luana Almeida disse...

Comodismo, materialista ainda. Será que o segue até inferno?

Flores!