Microconto #475

Quando o pai morreu, o corpo alimentou a terra, a alma alimentou o céu e ninguém alimentou os filhos.

7 comentários:

Vivian disse...

...há tanto tempo que
não passeio por aqui,


e você continua ÓTIMO!

bjs, menino querido!

Tiago Moralles disse...

Vi, há quanto tempo mesmo não nos vemos.
Saudades.
Brigado pela visita.
Beijos.

Pedro disse...

Pobres dos filhos se ainda forem pequenos.

Gabriel Lima disse...

Fome e solidão.

' Jeffão Araújo disse...

O velho caso do descaso!

Eduardo da Rocha Vieira disse...

Voltando a ler seu blog, Tiago. E voltando agraciado com este texto bem sacado.

Tiago Moralles disse...

Boas novas.
Muitos amigos regressando.