Microconto #565

Não me venha novamente, nua e quente, com o seu jogo de sedução.
Não caio mais nessa.
E se cair, é só mais uma vez.