Microconto #29

Amor intenso. Ela gostava de apanhar e ele, de bater. Ela gostava de sangrar, mas quando viu que ela já estava morta perdeu a graça.

8 comentários:

Iasnara disse...

Platônica e patética, digo sempre, as paixões são assim - até a morte.
Lembre daquele super140 que a Sabrina leu pro Brasil. Sim, é meu preferido.

;)

Tiago Moralles disse...

Ele ainda virá pra cá, mas enquanto isso, segue o link para matar a saudade:

http://twitter.com/tfmoralles/status/922028326

Beijo.

Kenzo Kimura disse...

Muito bom.

Me lembrou o Retrato Oval do Edgar Alan Poe.

Tiago Moralles disse...

Droga, esse eu não conheço.

Fezinha disse...

O_o

Com esse eu fiquei chocada...para de assistir Balanço Geral meu!!!

rsrs

beijos

Tiago Moralles disse...

Hahaha, balanço geral forçou heim hehe.

ideiasexplosivas disse...

hahahahaha fóda! =)

abraços

thiala carvalho disse...

kkkkkkk
mórbido!