Microconto #176

Depois de anos, o corpo dela sobre a cama pedia o desligamento dos aparelhos, mesmo os olhos dizendo que ainda existia vida.

19 comentários:

♥ Cαmilα Girαssol disse...

As vezes os olhos dizem aquilo que a boca não fala.

;*

Nathi disse...

Magnífico!

Estefani disse...

Ainda havia muitos assuntos pendentes dentro daquele olhar.

Tiago Moralles disse...

Camila e Estefani, acho que aqui os olhos vão na verdade lamentar.
_

Valeu Nathi.

Renata Luciana disse...

Tí,

que cena dramática e intensa. Se os olhos são janela da alma, era preciso fechar os olhos e descansar a alma

Renata de Aragão Lopes disse...

É que a vida perdura...

Sakana-san disse...

Sou a favor da eutanásia.

Carol Mioni disse...

Acredito que esses olhos desistiram de manter a vida e passaram a implorar pela morte, já que aquela condição era uma prisão... Adorei!

Tiago Moralles disse...

Eu preferia não ficar nessa situação também Saka.

Eloisa disse...

Fiquei com um cansaço extremo após duas linhas. Que coisa! É angustiante imaginar-se numa situação como a qual tu, mini, descreve. Forte.

renata carneiro disse...

"viver é um descuido prosseguido..."

*:

Ana disse...

E como os olhos fazem parte do corpo, quem foi atendido?

Iasnara disse...

quando a janela da alma fica aberta, ela sai e não volta.

Sonhadora disse...

Lindo e triste.

beijinhos de boa noite para ti.

Sonhadora

Vivian disse...

...triste mas tão real!

beijos, moço que pensa!

Gessica Borges disse...

Quem disse que os olhos não mentem ?

Tiago Moralles disse...

Cruel, real e doido.
É isso aí.
A dura realidade da literatura.

Felipe A. Carriço disse...

Não aguentava mais aquela maldita gelatina de limão.

A Moni. disse...

Qual o tamamnho da sensibilidade capaz de entender um olhar???