Microconto #395

Pra não cair de novo na vida, dessa vez amarrou bem a corda no pescoço.

7 comentários:

HÉLIO SENA disse...

Triste... Grande!!!

Anônimo disse...

muito bom! como sempre.

Tiago Moralles disse...

Valeu Hélio e Anônimo hehehe.

Luana Almeida disse...

Morte desejada.

Flores!

Felipe Carriço disse...

Legal mesmo é não saber no pescoço de quem.

Tiago Moralles disse...

Bem observado.

HÉLIO SENA disse...

Boa!