Microconto #597

Chegou o dia em que não aconteceram mais desgraças e os super-heróis passaram a jogar xadrez na praça.
Cada um roubando ao seu modo.

4 comentários:

Gessica Borges disse...

Eu queria escrever algo bacana sobre como ontem refleti, sem querer, sua calça vermelha, depois desses anos todos acompanhando seu blog.
Como depois sorri involuntariamente enquanto caminhava pela rua e como quase dei com a cara no poste ao olhar pra trás e te ver desaparecer.
Como fiquei feliz, e fiquei triste e fiquei feliz de novo porque você já não é mais só um blogueiro iniciante. Agora tem nome, endereço e amor.
Acabou que fiquei querendo, mas me contento com o mérito pela coragem desse comentário.
Anyway, parabéns por tudo isso. Espero que continue, porque eu tô sempre por aqui espiando ;)
Beijo.

Tiago Moralles disse...

Mentira que passou por mim e não falou.
Onde foi?
Beijos,

Gessica Borges disse...

Na frente da Borghi.
Pois é, mas você nem lembraria d'eu. Ia ser meio stalker/weird.
Acho que daqui um tempo posso me arrepender. Vai ver eu terei de enfrentar uma big fila de livraria, hehe.

Thuan Carvalho disse...

afinal, no carteado até os super heróis são tentados a roubar.

muito boa sua sacada.