Microconto #598

Com um nó de certeza, amarrou a esperança em volta do pescoço, subiu 50 centímetros de confiança e chutou a cadeira de problemas.

2 comentários:

Thuan Carvalho disse...

extremamente árdua essa esperança amarrada no pescoço...

esperança na morte?

muito bom.

Tiago Moralles disse...

Valeu Thuan.