O amor pode ser tanta coisa que seria bem egoísta dizer que o amor é uma coisa só

Amor é matéria. Vamos começar por aqui. Acredite. Até agora mentiram pra você. Pro seu coração, pras pessoas, mentiram pra todo mundo. O amor pode viajar no espaço e no tempo. O amor não é sentimento. O amor é palpável. Pegável.

O amor é aquilo que a gente toca quando tem saudade. É aquilo que a gente beija quando tá feliz. É aquilo que a gente quebra quando tá com raiva. O amor é aquilo que escorre salgado quando a gente perde. Quem diria, né? O amor tem gosto. Tem cheiro. Tem forma. E textura. Amor é bolo. É roupa. É pelo de cachorro. Ingresso de show.

Amor não é o que você tem dentro do peito. Não é o que você sente por alguém. O que a gente sente por alguém é confiança, inveja, ódio, respeito e tantas outras coisas. Amor é o que você faz por alguém. Amor é a forma que o corpo encontra pra mostrar o que a gente sente. Ninguém pode falar eu te amo só usando o coração.

Nenhum comentário: