pacífico

meu barco cruza o oceano
agitado deixo pra trás
porto.
parto em busca de novas terras
pra apessoar.
navego sob(re) águas salgadas.
em dias agitados
não durmo nem pesco
passo fome sede e rancor.
avisto ilhas
mas não atraco.
quando o mar acalma
acalmo.
saudade
à vista arde.
náuseas.
no meio do caminho
decido voltar.
e agora?
espero você
ou a maré?
é metade pra lá
metade pra cá
e só um remando.
não dá pra cruzar
o (a)mar sozinho.

Nenhum comentário: