Do lado de cá do telefone

Deixa eu ler você?
A gente tá longe, por isso que eu queria ler.
Não. As palavras não resolvem eu sei, mas ajudam com a saudade.
Bobeira?
Bobeira só se for pra você, pra mim é bom. As letras te revelam, consigo te ver nos textos. Isso é bom.
É sério, não tô brincando. É uma coisa forte.
Para de falar e escreve vai. Você fica mais romântica nos textos. Entre uma frase e outra eu respiro. Paro. Espero. Continuo depois se eu quiser. Ah, e você nem fica sabendo viu?
Falando não, se eu quero calar, você enerva, bufa, fica puta, fala que não dou atenção, que tô seco, grosso e todos os outros clichês de relacionamento.
Tá vendo? Ficou nervosa já.
Deixa eu ler você, deixa vai?
Pelo menos no texto você não grita.

18 comentários:

Luna Cortez disse...

ah, tem gente que a gente sente só lendo. e tem gente que a gente ama pelas palavras.

e no texto só dá pra gritar em CAPS LOCK.

Natalya Nunes disse...

Ah, que bonitinho, Ti.

E quando ele a lê, pode fazer isso quantas vezes quiser, sem que a mulher corra o risco de ser chamada de tagarela...rs

Um beijo!

quandoeumechamarsaudade disse...

Ti,

Deixa eu te ler, sempre?

____________

Mudando de assunto...

Tem um selo lá no meu blogue especialmente para o "Penates"

Espero que goste! :)

Beijo lindo.

Tiago Moralles disse...

Que bom que gostaram. Fico contente.
Beijo Luna, Naty e Fã.

Felipe A. Carriço disse...

Por favor, desative o caps lock, meu bem.

Talita Prates disse...

Será que não grita mesmo?
rs

Bom de (te) ler, Ti.

Bjo.

Tiago Moralles disse...

Pode ser uma saída Felipe.
_

Tá, que bom que posso dizer o mesmo.
Microbeijo.

Marga Dambrowski disse...

Claro que Ela vai deixar.
Eu deixo!
:)

Alexandre Costa disse...

Tem coisas que a gente só escuta lendo!!!!


Abraços

Renata Luciana disse...

escreve no corpo dela e em seguida lê. Silêncio...

Gordinha disse...

Neste caso é a melhor saída mesmo!

=D

V i h disse...

Adorei seus microcontos!!

Também gostaria de ler meus amigos ;D
Tem gente que só se expressa pela palavra.
^^

-blyef disse...

Muito bom. Sutil, e ao mesmo tempo, intrigante. Dá pra imaginar a conversa por inteiro. Eu amei.

Lila disse...

CAPS ....rsssssss
Bjs

Tiago Moralles disse...

Pronto, decidido, CAPS.

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

contos curtos são complicados de acontecer, mas esses teus aqui e em especial esse é de boa razão literaria

Veronica Rodrigues disse...

Se eu te falar que já falaram exatamente isso pra mim, você acredita?

Bia =D disse...

O foda de ler, é (se) perder entrelinhas.