Microconto #193

A água caia do céu em formato granulado, escoava pelo corpo e lavava o sangue.

Bala perdida.

Foi isso.

Microconto #192

Saímos de mãos dadas.
Resolvemos desobedecer às ordens, conhecer o mundo e esquecer os problemas.
Mamãe tinha reunião e o jantar ia atrasar.

Microconto #191

Queria tá do seu lado pra sentir seu cheiro.

Ia te amar de noite, na chuva, com fogo e com frio.

Tanto dentro como fora do cio.

Uno

Tuas pernas me apertam os desejos,
teu suor me goza a mente,
teu gozo me molha a alma
e por instantes somos um.
És minha deusa.
Sou teu hebreu.
Eu, você,
vocêu.

Microconto #190

Em meio a gemidos ela me olha e diz:

- Você acha que consegue terminar antes da novela?

Microconto #189

Embaixo da cama não tem nada.
Os monstros odeiam companhia.

Microconto #188

Deus fazia coleção de pessoas.
E trocava com o demônio as repetidas.

Microconto #187

A cigana ganhou muito dinheiro lendo na minha mão a senha do meu banco.

Microconto #186

A única vez que não chorou pela ausência foi no velório do pai.

Que mentira que lorota boa

Teu cheiro te faz presente, em mente.
Não, mentira.
Mente pra mim, pois teu cheiro não é você.
Mentirosa.
Minha mente sabe que você mente.
Mentindo, assim, descaradamente.
Mas, de repente,
quem sabe,
entre mentira e outra nossa mente não se acha,
teu cheiro não resolve aparecer com você,
e aí sim,
mesmo mentindo,
minha mente acha que és tu, minha mentirosa.
Ah, pobre e inocente-mente.

Microconto #185

Depois do acidente todos conheceram o seu interior.

Microconto #184

Entre sessões,
sem exceções,
o tarado do cinema,
trocava de lugar
e observava cada vez menos a tela.

Microconto #183

Achei no meio da noite,
minha mão me achando,
lisa e quente,
pensando que fosse você.

Você em um Lá bem Menor

Corações sincronizados batendo numa igual melodia.
Nossos corpos balançam longe, mas pro mesmo lado.
Minha letra conta sua história e seu ritmo orienta minha dança.

E mesmo com toda essa distância, ainda consigo sentir você, até sem música.
Mas eu sei, uma hora ou outra a gente vai ter que tocar.