Microconto #411

Férias na casa de mamãe.
Saudade dessa goiabada.
Cá estou na rede, a balançar lembranças,
melando os dedos de infância.

5 comentários:

HÉLIO SENA disse...

Me lambuzei todo, Tiago, em tanta poesia... Lindo!

Anônimo disse...

E o queijo, nem sequer um pedaço?...

Ju Fuzetto disse...

Quando lembro da infância, acabo molhando os olhos.

Tiago Moralles disse...

A infância também tem gosto de bolinho de chuva.

Renata de Aragão Lopes disse...

: )