Microconto #413

Na floricultura era sempre uma briga.
As flores disputavam dia a dia.
Umas iam com quem chorava,
e poucas iam com quem sorria.

9 comentários:

Rafaela disse...

Lindo!!

Toda vez q leio um microconto saio lendo pra todos aqui em casa =)
E o côro é sempre o msm:
"Nossa! que lindo!"

Parabéns Tiago!

Paula disse...

belíssimo. não sei porque, mas ao ler me recordei da música "Flor do cerrado"

Tiago Moralles disse...

Que honra Rafa. Brigado.
_

Paula, vou ouvir. De quem é?

Marcela disse...

Titi... as flores assim como vc encantam sempre! Lindo e sutil. Beijos Marcela

Brunno Lopez disse...

Suave, poético e convincente.

Parabéns sr. Tiago Moralles.

Tiago Moralles disse...

Valeu Brunno.
_

Má. Gosto quando te vejo por aqui. Me sinto mais perto de ti.

Gabriela Marques disse...

Vivo por aqui lendo teus microcontos, mas quase nunca comento. Simples assim: faltam palavras.

Só vim aqui desejar um ótimo feriadão pra você!
Beijo doce.

Tiago Moralles disse...

Gabi, fica em casa. Entra, abre a geladeira, pega alguma coisa, senta e se diverte. Nada de vergonha. Brigado por todas as visitas.

Renata de Aragão Lopes disse...

Microconto poético:
um dos meus preferidos!

Beijo,
Doce de Lira