Microconto #487

O vento noturno assobiava a canção do medo do lado de fora da janela.

3 comentários:

Angela disse...

Lindo! É bem esta a música.

Cynthia Osório disse...

poesia

Thuan Carvalho disse...

e o medo soturno afundava os sonhos do lado de dentro da porta.