Microconto #266

Os flocos brancos de neve
do lado de fora,
sincronizavam a dança dos corpos quentes
do lado de dentro.

10 comentários:

Luna disse...

amar no inverno é gostoso. com neve caindo na janela, deve ser mágico.

Tatá R. da S. disse...

Que cena linda. *-*
=*

Tiago Moralles disse...

Luna, deve ser mesmo.
_

Tatá, dancemos.

Renata de Aragão Lopes disse...

Opostos complementares...

Nanda disse...

Costumo dizer que a temperatura pode ser a mais intensa do lado de fora... Do lado de dentro, sempre é possível ferver!

Gostei muito daqui! Voltarei sempre!

beijos!

Tiago Moralles disse...

Nanda, sinta-se sempre em casa. Aqui a temperatura depende de cada um ;)
_

Bem observado Rê.

contagotas disse...

É a lei das compensações!

Ludmila Melgaço disse...

Haja neve para tanta dança!
(Lindo!)

André Salviano disse...

neve versus vapor.

@paraquenomes

Camila de Souza disse...

num compaço leve

num ritmo denso