Microconto #333

As palavras solteiras foram casando em uma conjugação matrimônio-literal, perfeita e duradoura.
No fim o poeta disse amém.

9 comentários:

Marcelo Mayer disse...

ou disse "fodeu"

Tiago Moralles disse...

Ou isso.

Pedro disse...

Até que a morte as separem?

naomefazpensar disse...

Esse lance de felizes para sempre não existe. Espere pela "crise literal" dos 3 anos.

Laura K. disse...

Poeta que é poeta é sozinho, HAHAHAHA.

Lívia disse...

o lance agora é o contrato de união estável, que casar que nada...! =)

Tatá R. da S. disse...

Casamento só combina com palavras mesmo, porque tudo que se trata de ser humano é muito mais complicado. Hahaha.
=*

Tiago Moralles disse...

Comunhão de bens?

Tatá R. da S. disse...

De bens e de dor de cabeça.