Depois a culpa é de Freud

.

.
Sei que o que vou discutir aqui é totalmente subjetivo, mas, são ossos do ofício. As pessoas dizem que as crianças desenvolvem a sexualidade ainda na infância, acreditasse psicologicamente, graças a Freud, que isso acontece nas primeiras fases do desenvolvimento. Logo a criança que sempre foi vista com olhar de pureza, porém, isso tudo é culpa dos pais. São eles que com seus olhares conservadores colocam informações distorcidas e muitas vezes (muitas mesmo) surreais, na mente dos filhos. Imagine só, sua mãe falando que você nasceu do repolho, ou que você veio da cegonha, mas, explicar por que você não faz fotossíntese ou não tem asas e bico ninguém quer né?

Estava discutindo recentemente com um amigo, a respeito de todo o bombardeio que as crianças recebem inconscientemente sobre o mundo sexual. A começar pelas brincadeiras, em sua evolução na tentativa de virar uma criança pura (claro), quantas vezes você já ouviu nomes como “PEGA PEGA”, ou “ESCONDE ESCONDE”, “VIVO OU MORTO”, não, pior, “DURO OU MOLE”, quer mais, “PASSA ANEL” (pederastia total), e se você for vasculhar em uma consulta transcendental, vai encontrar mais podres na sua vida, até agora considerada santa.

Como citado no primeiro parágrafo sobre as desculpas para o nascimento dos filhos, isso vem evoluindo com o tempo, cada vez mais a sociedade está mais liberal e os pais que não acompanham essa evolução, deixam de passar para os filhos as informações do modo que mais lhes convem, contribuindo assim, para que ele as retire no mundo exterior. Buscando aumentar seus conhecimentos, apóiam-se em colegas de sala, amigos de rua e assim por diante. Consequentemente passam a acreditar mais nesses, que agora são suas fontes com o mundo, o que facilmente gera um vínculo com um amigo influenciador (não sempre, claro), para o uso de algum tipo de droga, seja ela de qual natureza for.

Para ilustrar essas desculpas utilizadas pelos pais coloco aqui uma pesquisa realizada recentemente pela Veja.

COMO EU NASCI? EXPLICAÇÕES MUDAM COM O TEMPO

Anos 30 - Fase Rural - "Você nasceu na horta dentro de um repolho".
Anos 40 e 50 - Fase Animal - "Você veio no bico de uma cegonha".
Anos 60 - Fase Romântica - "Você é fruto do amor do papai e da mamãe".
Anos 70 - Fase Técnica - "Papai colocou uma sementinha na mamãe".
Anos 80 - Fase Científica - "O esperma do papai fecundou o óvulo da mamãe".
Anos 90 - Fase Liberal - "Você nasceu da transa do papai com a mamãe".

Viu só, Freud analisou as crianças, mas esqueceu de seus educadores, principais culpados pela transformação sexual em suas vidas. Agora, tirando um pouco a culpa dos pais, vamos jogá-la para a mídia. Quem nunca jogou “COME COME”? Ta, tudo bem, isso é assunto para outro dia.

Nenhum comentário: