Quem matou Isabella Vasconcelos?

.
.
.
Ou será Lineu Nardoni? Falando como um simples mortal condicionado pela mídia, já não sei mais o que deve virar ficção, ou simplesmente se parecer com a realidade. Nessa história toda, o mais deprimente não foi a trágica queda de Isabella Nardoni e também não foi imaginar que um pai seria capaz de tal ato, o triste, é o andamento que esse caso está levando. Com a repercussão que ganhou, não seria necessário discutir sobre ele aqui também. Porém, o que quero propor é uma outra ótica de discussão.

O que os veículos de comunicação vêm fazendo com o acidente (?) é simplesmente ridículo. Até quando seremos manipulados dessa forma e a qual ponto da ética se limita o uso excessivo de uma notícia como essa? Não quero parecer desalmado, irracional e frio, mas esse é meu ponto de vista. Por que as pessoas foram atrás de Alexandre (pai) e Anna (madrasta)? Eles por acaso já foram julgados? Condenados? Não; eles só foram acusados. Acusados pela mídia, que causou um frisson na população e essa se sentiu no direito de tirar satisfação; parece até que era uma filha coletiva, uma filha de todos nós. Veja bem, não pretendo quantificar a dor que a mãe (ou qualquer outro parente) está sentindo, não tenho méritos para isso, a questão aqui é outra totalmente diferente.

O pai diz que alguém entrou em sua casa e fez isso com a menina, em contrapartida, a mídia diz (mesmo que de forma indireta) que foram eles (pai e madrasta), e por sua vez a polícia, tenta se manter imparcial, como? Se a decisão já foi tomada por nós? Onde fica a questão assegurada de que todos são inocentes até que se prove o contrário?

A esta altura, mesmo que se por uma condição do destino, mesmo que por uma incrível lástima ou mesmo por algo sobrenatural, essa menina tenha realmente se jogado do 6º andar e morrido com sua queda, isso nunca será averiguado e provado, sabe por quê? Porque as autoridades passam por uma pressão da sociedade na tomada de decisão, “o pai, principal suspeito, deve ser preso”, pelo menos é isso que os meios de comunicação querem que nós pensemos, por isso ele foi ameaçado de morte e perseguido para ser linchado por cidadãos, cidadãos esses que já foram comovidos com as manchetes estampadas pelos jornais.

Está explicada agora a brincadeira que fiz no começo do post. Fiz um paralelo com o caso “Quem matou Lineu Vasconcelos?”, um tema clichê de novela, discutido pela mídia que também ganhou reportagens, notícias e fofocas em vários meios; foi na verdade, um assunto de novela
que ganhou as ruas, assim como esse assunto das ruas parece vir de novela (entendeu a confusão que isso causa na mente das pessoas?). Não quero dar uma de “Advogado do Diabo”, pelo contrário, se realmente for comprovada a culpa do pai, deve ser julgado e condenado sim, uma ótima prova de que nossa justiça (ainda) funciona. Só que, todo o problema discutido até aqui, ficou por conta da manipulação que estamos sofrendo antes mesmo de tal veredicto.

18 comentários:

Felipe A. Carriço disse...

Tiagão,

Corcordo plenamente com seu ponto de vista, e ainda faço algumas ressalvas:
Na minha opinião este caso já foi resolvido, mas os programas de fofoca, jornais que "balançam geral" e noticiários globais têm patrocinadores muito bons para perderem a chance de ampliarem suas vendas com a repercusso deste caso.

Isso sim é crueldade. A mídia mata quem quer, a hora que quer, e dá satisfações apenas quando a última gota de real escorre junto com o sangue coagulado das vítimas. Vítimas da mídia, é claro.

Eu acho que foi a assassina foi a Nazaré!

Tiago Fidelis Moralles disse...

Bom ressalva Lineu.
Queremos deixar claro que a crítica não se extende a todos os profissionais da área, mas esse é um assunto muito delicado.
Abraços e, bom te ver aqui de novo.

Wellington disse...

A mídia sempre manipulou e sempre vai manipular todas as informações que ela mesmo julgar hediondas, até porque o que está em jogo não é a qualidade da notícia ou apreocupação em descobrir os fatos veradeiros, mas sim, o número de exemplares de jornais e revistas vendidos, a colocação no IBOPE que tal noticiário vai alcançar.

Como tudo no capitalismo se converte em cifra(R$), a vida humana não ou a felicidade das pessoas também se tornaram simple fonte de lucro na maior cara-de-pau.

Tiago Fidelis Moralles disse...

Mais um comentário pertinente Wellington. Apesar que você "Comunista" é suspeito hehe.
Abraços.

Agatha disse...

Fato é que vivemos nessa realidade em que pessoas, coisas e produtos são explorados para serem consumidos.

É mais triste quando a "venda" é com pessoas e suas famílias. Pois a lógica no Brasil é exatamente essa: "somos culpados até que se prove o contrário".

(A menos que vc seja o presidente da república, claro...)

bjão!

Tiago Fidelis Moralles disse...

Cuidado com o presidente, vai arrumar encrenca com o Well (esquerdista) aí em cima haha.
Beijo.

Patrícia Boccuzzi Ponchio disse...

Thiago, concordo que a mídia manipula, manipulou e sempre manipulará, isto é certo.

Mas o que acontece nesse caso, é que os fatos levam a gente a crer que a menina definitivamente NÃO se jogou.
Aí vai de cada um ter a sua opinião e fazer seu pré-julgamento.

Também acho que a prisão do pai e da madrasta foi precipitada, afinal concordo com o que vc disse, todos são inocentes até que provem. Mas na prática não é bem assim, pois é aí que entra a mídia, exigindo respostas para vender mais exemplares de jornais e revistas(neh Well? hehe), e o povo entra na dança.

Mas vamos aguardar os fatos verdadeiros e a perícia fazer o trabalho dela, aí então poderemos debater mais sobre o assunto.

Mais uma vez preciso falar que o blog está OTIMOOO, e cada vez que entro aprendo uma coisa nova!!
PARABÉNS pelo sucesso do blog Thi!!
Bjus
Patricia Boccuzzi Ponchio

Rodrigo Moralles disse...

Com certeza é errado a escandalização do caso por parte da mídia, a exploração da dor alheia. Mas achei a prisão PREVENTIVA muito adequada nesse caso. O pai alega que a casa foi arrombada, depois muda de opinião, os relatos dos fatos são divergentes entre a madrasta e o pai, não ha sinais de arrombamento, o pai trocou de roupa antes de comparecer a delegacia. Ele não pode ser considerado culpado, mas também não possui álibi nenhum que o torne inocente, é o principal suspeito, deve permanecer preso por 30 dias, e se necessário, mais 30 dias, pois é um instrumento legal da justiça. Pobre de nós que acreditamos, ou queremos acreditar, na bondade humana, em toda nossa inocência achamos impossível que tal atrocidade tenha acontecido.
Abraços!
Obs: Ótimo tópico.

Tiago Fidelis Moralles disse...

Paty, eu também não acho que a menina tenha se jogado, tanto que disse "mesmo que se por uma condição do destino, mesmo que por uma incrível lástima ou mesmo por algo sobrenatural".
E Rodrigão, com certeza é uma atrocidade, mas acho que a prisão preventiva serviu mais para manter a integridade física do casal do que como forma de repressão.
Ah, obrigado pela visita aos dois.
Beijos e abraços (respectivamente).

Fezinha disse...

Com certeza o caso da menina Isabella paralizou o país, em todas as mídias não se fala em outra coisa...enquanto isso, continua rolando a CPI dos cartões corporativos e um monte de outras falcatruas de nosso governo.
A mídia tem o poder de focar e desviar a atenção para algo que julga importante (ou mais lucrativo).
Me veio a mente um outro caso que movimentou milhares de pessoas fazendo passeatas por penas mais severas, o caso do menino João Hélio, que foi arrastado por metros e não resistiu.Não querendo parecer sem coração ou algo do gênero, caso a mãe tivesse tirado a criança do carro, seria apenas mais um veículo roubado.
Nem a população, nem a mídia tem o direito e muito menos o poder de fazer justiça com as próprias mãos..o que nos cabe agora é esperar o veredito da justiça e esperar que ela realmente seja feita, não apenas nesse caso.

PS.:tá bombando...até você usou a pobre menina pra fazer notícia heim?!rsrs

Nayara Diniz disse...

Ou cabeça tá tão tarde que não tenho forças para ler o post, por qeu eu trabalho né?
Só queria dizer uma coisa, é culpa do mordomo.

beijo*

Tiago Fidelis Moralles disse...

Bem lembrado Fê, teve o caso do João Hélio também, mas acho que a parte de tirar o foco da CPI foi a melhor sacada.
Putz, quanto a bombar, se viu, fui falar mal da mídia em cima do caso e em contrapartida, acabei lotando o Blog.
Que ele continue assim, participativo e expansivo, espero que sem mortes da próxima vez.
Beijos pra você e pra Nayara que nem leu, isso é confiar na fonte hehe

Fernando disse...

Me da enjoo assistir aos jornais nos ultimos 11 dias. O formato "jornal deve informar" já foi descartado, agora é "jornal deve explorar".
Já postei também um post no meu blog a respeito, convido-o a ler: http://www.fernandopaes.ppg.br/blog/2008/04/03/receita-para-explorar-a-desgraca-dos-outros-em-proveito-proprio/

Tiago Fidelis Moralles disse...

Bem vindo Fernando.
Vou ler agora mesmo.
As portas do Lar estão sempre abertas aos mais variados pontos de vista.
Abraços.

Rodrigo Alexandre Coelho disse...

Este é, como muitos já foram (esquece-se de tudo tão rápido...), um caso em que a "opinião pública" sente necessidade de nomear culpados, a imprensa sente necessidade de dar os nomes e os "homens da lei" sentem a necessidade de "cumprir o seu dever" tomando atitudes precipitadas, mas que satisfazem à midía e à opinião pública.
O caso Isabela é só mais na lista, como eu disse esquece de tudo tão rápido...
De qualquer forma quero ainda indicar o blog Outros Olhos que abordou o assunto de forma muito responsável (assim como vc Tiago) e contando ainda com um depoimento importantíssimo de alguém que viveu situação semelhante, recomendo fortemente:
http://www.outrosolhos.com.br/2008/04/09/guilherme-fiuza-a-imprensa-e-o-caso-isabella/

Abraços Tiago e obrigado pelas visitas e comentários no Nova Mídia - Novo Marketing ;)

Tiago Fidelis Moralles disse...

Fala Rodrigão, não precisa agradecer, faço com muito gosto.
Quanto a dica vou conferir.
Abraços.

Mari disse...

Bom, tenho minha opinião pessoal sobre o caso...acho mto difícil que a culpa não caia realmente sobre o pai da menina, os indícios são cada vez mais fortes, porém o que não pode acontecer é a mídia usar e abusar do caso para conseguir audiência. São horas e horas diárias que as emissoras e seus âncoras sensacionalistas utilizam para falar sobre o caso e conseguir alavancar o ibope.
Infelizmente assim permanecerá...até o caso ser solucionado...ou até q a próxima tragédia aconteça...

Enfim...

Obs: Como diz a Fe...seu blog bombou...etaaa golpe de mkt hein haha

Alessandro Novais disse...

"Mais um comentário pertinente Wellington. Apesar que você "Comunista" é suspeito hehe."

Gostei !!!

concordo em genero e grau

haahuahuahuahuhauah

abraços Tiago e Wellington