Microconto #159

No sábado a tarde,
deitados na cama,
ela me contava as pintas pelo corpo, e eu,
perdia a conta de quanto tempo ainda queria ficar ali.

23 comentários:

Natalya Nunes disse...

Pelas minhas contas, lá pro dia 30 de fevereiro ele termina! ;D

A quantidade de pintas no corpo da moça é proporcional à sua criatividade...

Carol Mioni disse...

Q momento íntimo. Que saboroso contar pintinhas =]

Renata Luciana disse...

A FUNDAMENTAL GEOMETRIA DOS PONTOS.

* Vc é pura inspiração...rs

Tiago Moralles disse...

Delícia né?

Fernando Segredo disse...

Antes contar pintas que espremer cravos

Barbara C disse...

Não queria sair e quando se aproveita o tempo parece passar muito mais de pressa!

Dandara disse...

Eu amo loucamente pintas.

Felipe A. Carriço disse...

Ele ruivo, ela negra.

Tiago Moralles disse...

Tô descubrindo mais gente que gosta de pintinhas.

Estefani disse...

Mal sabia ele a satisfação que lhe proporcionava, poderia ficar várias tardes a contar, admirar...

Anônimo disse...

Traduzir momento singelo em simples palavras... um suspiro... ah, quantas pintas, depois da tarde, ela com toda certeza lembrará de uma a uma.
Sim, delicio-me em suas palavras!

Mari

Vivian disse...

...existe coisa mais gostosa
que contar pintas sem ter
tempo pra acabar?

ai ai

bj, lindo!

Tiago Moralles disse...

Vocês tão vendo, até quando pego leve nos textos os comentários nos levam longe.
Adoro.

Natália Corrêa disse...

pois que ela continue contando... até saber de cor. :)

A Moni. disse...

Só um loooongo suspiro...

Marcelo Mayer disse...

vai demorar pra chegar no pinto

Gessica Borges disse...

Ponto para Paloma pelas pintas!

Iasnara disse...

adoro pintas mas prefiro pinto.

Silvia Caroline disse...

Que você conte as delas também.

Até saber de cor.

muito fofo.

Renata de Aragão Lopes disse...

De quantas
sardas a mais
você gostaria? : )

Tiago Moralles disse...

Desculpem, fiquei sem muitas palavras depois do comentário da ISA hehehe, muito bom.
_

Rê? Umas sardas não iam nada mal heim?

Talita Prates disse...

momento "meigo" e,
- convenhamos -
delicioso!

M-bjo, Ti.

Lai Paiva disse...

Que linda descrição de intimidade.... Adorei!!!