Das vezes que eu passo

Passo pra te dar carinho, beijo na boca e deitar no teu colo.
Passo pra mostrar que me importo, que te imagino na grama a falar sorrisos.
Passo pra dizer que és bela, e te convido pra contar estrelas, num pedaço do céu só nosso.
Passo pra dizer que tô bem, que foi bom acordar do teu lado aquele dia com bochecha de noite quente.
Passo pra dizer que já sinto saudade, que tuas mãos me provocaram, mais do que tua mente pensava.
Passo pra dizer que não passei de um simples passante em tua vida,
e que voltarei pra dizer que passo quantas vezes mais você sonhar.

15 comentários:

Jéssica Gentile Baldijão disse...

esse eu já conhecia!

Beijos Tireme.

Tiago Moralles disse...

É, algumas coisas passam antes ;)

Estefani disse...

Ah essas passagens...

Lindo texto Ti.

Beijo

Dani Brito disse...

That's a side of you I didn't know!
Que lindo, Ti momento Fernando Pessoa! rs

Tiago Moralles disse...

Que responsa em Dani hehe.

Lucão disse...

mto bem passado pro papel.
gostei, camarada!

Renata de Aragão Lopes disse...

Bonito.

Felipe Carriço disse...

Estava aqui de passagem e encontrei este poema.

Bem legal, brother.

(precisamos marcar alguma coisa. e que fique registrado que já tô sentindo falta da folklore)

Tiago Moralles disse...

Brigado Rê e Lucão.
_

Precisamos mesmo Felipão.

Gordinha disse...

Você chamou o fê, de Felipão? Ele é o Lineuuu! hahaha!

E diga-se de passagem, belo poema!

Bjs!
=D

A beleza do erro puro do engano da imperfeição disse...

Só de passagem...

ana. disse...

Isso me lembrou algo.

Natalya Nunes disse...

Passo pra dizer que faço
tudo para te seguir
contar seus passos
no descompasso
do teu abraço

--

Ah, Tii... como é bom passar por aqui...
vc sabe que adoro quando vc está romântico, né?

Beijos, seu LINDO!♥~

Lívia Azzi disse...

Lindo e docemente atrevido!!

Bjs!!

Tatá R. da S. disse...

Que lindo. i.i
Fiquei gay.
=*