Microconto #243

Aqui de trás,
tudo que vejo em suas costas é o arrepio,
provando que o nosso calor também dá frio.

19 comentários:

Natalya Nunes disse...

O antagonismo...
O fogo que gela...
o céu e o abismo
Ele... ela

Coisas contrárias combinam tanto, neh Ti?

Bjs♥~

[ rod ] ® disse...

Os corpos, em união, tem temperatura própria!

Abs meu caro.

Fernando Segredo disse...

Que frio.

Gordinha disse...

Profundo!

Quando dois corpos se encontram... os antônimos viram uma constante!

Bjs!
=D

Tiago Moralles disse...

Boa Rodolfo.
E se alguém disser que os opostos se atraem vai ter porrada.

V i h disse...

Madrugada quente-fria.

Adorei

Beeeijooss

Felipe Carriço disse...

De trás da porta.
Frio na barriga.

Dani Brito disse...

"Os opostos se atraem"...brincadeiraaaaa..rs

Tiago Moralles disse...

Qué porrada, né Dani hehe.

Estefani disse...

Esse frio me agrada. ^^

As reações são inexplicáveis.

Beijos.

Rodrigo Cunha disse...

Foda. (ponto)
Eu queria ter escrito isso... hehe

Dá uma passada no devaneiosforadalei.com.br, amanhã vou postar a última parte do texto.

Grande abraço, meu velho!

Michele P. disse...

Quando eu crescer quero escrever como usted, sr. Tiago Moralles! Sabe que já utilizei um microconto deste em uma prova da 8a série?! Mas fica tranquilo que citei a fonte. hehe

Beijos!

Tiago Moralles disse...

Opa, valeu Rodrigão, tô com o RSS assinado.
_

Michele, que bacana, era prova do quê?
Microbeijo.

Lara Amaral disse...

;)
Gostei!

Beijo.

Marina G [novo] disse...

Sabe aquelas frases que a gente fica com aquela puta vontade de ter escrito antes? Então, é essa. rs

Beijos!

Renata de Aragão Lopes disse...

Termômetro do amor.

Lindo texto!

breno disse...

Que temperatura volúvel...quero mais!

Larissa Bortolli Menezes disse...

Diz tudo, assim, em duas ou três frases.

Gabi Ramos disse...

Que sacada1