Microconto #339

A escuridão e incerteza destas breves palavras habitam o castelo frio e assustador de minha mente.

9 comentários:

Felipe Carriço disse...

No quarto mais alto da torre mais alta.

Tiago Moralles disse...

Ou na sala mais fundo do porão mais fundo.

Fernando Ramos disse...

Aposto que as breves palavras vieram de uma repórter em micareta: "E você, já beijou quantas?" "Até agora, nenh..."

Hehehehehehe.

♥ Luciana Mira ♥ disse...

Que ótimo seu blog. Estou adorando vir conhecer aqui!

Tiago Moralles disse...

Sempre bem-vinda Luciana.
Faz de conta que a casa é sua.

jair e. disse...

Continuando o microconto: Eu me sentia assim como num castelo kafkiano.

Tatá R. da S. disse...

Abre a janela! =)

Laura K. disse...

Ou no sótão abandonado daquela casa velha.

Daniela Valente disse...

Quem somos nós, pobres seres humanas, sem uma dose extra de incertezas!
Abraços