Microconto #112

- Não vou viver com eles nesse mundo de loucos.
Preferiu conversar, trancado eternamente no quarto, com o amigo invisível da infância.

11 comentários:

Fernando Segredo disse...

Muitas vezes, só os amigos invisíveis nos entendem.

Iasnara disse...

é essa lucidez que me falta.

Felipe A. Carriço disse...

Amigo,
Eu se fosse vc não confiava em ninguém. Nem nos meus botões.

Tiago F. Moralles disse...

Já deu pra ver que esse post será uma reunião de loucos.

Pattricia disse...

...bem, cada maluco com sua mania, como dizem...mas o importante é que estejamos bem, com amigos visíveis ou invisíveis...

Nayara Diniz disse...

Saudades do Paulo, meu amigo imaginário.

Tiago F. Moralles disse...

Daí pra pior.

disse...

Minha consciência costuma ser minha inimiga desde a infância...

Tiago F. Moralles disse...

Pronto, além de loucos, somos uma legião de revoltados hehe.

tmariz disse...

Eu tinha 3. O "Red Light", "Yellow Light" e "Green Light", e eram todos bichos. Sò lembro que um era uma girafa. Mas eram todos super presentes na minha vida.

Tiago F. Moralles disse...

A pergunta que não quer calar:
Mas eles são apareciam na luz?