Microconto #114

Pegou o lápis, cravou no olho e torceu pro ato lhe trazer, além de dor e remorso, pelo menos inspiração.

13 comentários:

Kenzo Kimura disse...

Uma coisa é certa. Pelo menos ele vai enxergar o mundo com outros olhos.

Tiago F. Moralles disse...

Se isso trouxer inspiração tá valendo hehe.

disse...

Maldita inspiração.

Iasnara disse...

eu passaria a borracha só pra reescrever.

Felipe A. Carriço disse...

Quando a necessidade de escrever vira um desejo masoquista.

Fernando Luz disse...

Ele escrevia histórias de piratas com tapa-olho?

Tiago F. Moralles disse...

Foi um momento de dificuldade literária pessoas.

Aquele que vira e mexe sempre volta.

Gessica Borges disse...

Pelo menos sabe-se que a Obra virá, por inspiração ou por transpiração.

Tiago F. Moralles disse...

Ou pelos dois né?

Gabriela Souza Gomes disse...

Enquanto alguns cortam a orelha, outros buscam um dos olhos pra mais perto. Espero que esse micro não tenha custado os olhos da cara. ;)

beijoca.

Tiago F. Moralles disse...

Bem lembrado Gabi, alguns cortam a orelha.

Juliana Vermelho Martins disse...

Era, quem sabe, o próprio diabo que ficou com inveja da popularidade do filho cujos olhos ele furou...

Tiago F. Moralles disse...

Pode ser também Ju.