Microconto #281

As esperanças ganharam coragem na camuflagem noturna.
E assim, de hoje em diante, todos os travesseiros passaram a derramar sonhos.

9 comentários:

Ju Fuzetto disse...

Sonhos de chocolate ou doce de leite. Eu prefiro os de verdade!!

beijo

Vivian disse...

...os meus são inconfessáveis.

ô travesseirinho sapeca!!

rsrrs

sorry querido...

bj, Ti!

Tiago Moralles disse...

Conta aqui Vi, ao pé d'ouvido.

Zi Santos disse...

ô delícia de sonho!

Vivian disse...

...põe o ouvidinhu aqui
que eu conto bem baixinho
procê...

hgffjkgjgjkjhgkhggjkg

ufaaaaaaaaaaaa!!!


rsrsrs


smacksssss, lindeza!

Camila de Souza disse...

Que pecado isso não virar um texto.
Juro que me doeu não vê-lo ganhar mais umas trinta linhas.


(por que não tem 1 km de comentário nisso aqui? não entendo...)

Thaís Duarte disse...

sonhos, grandiosos.

abraço!

Lúu Almeida disse...

Não entendo o por que, mas encontrei-me nessas tuas linhas..
ahsuahsuha'

Flores!

Babi Rodrigues disse...

Lindo!