Viva o Mouse

.

.
Essa semana algo em torno de dois bilhões de pessoas em todo o mundo, considerando chineses, vietnamitas e coreanos bem como suas comunidades fora da terra natal, despediram-se do Ano do Porco e saudaram o Ano Rato. Animal símbolo da inteligência e da prosperidade para esses povos, o rato dentre os demais 11 animais do zodíaco chinês, como diz a lenda, foram as únicas espécies a se despedirem de Buda antes dele deixar a vida na Terra.

O Roedor, diferentemente dos significados atribuídos no Ocidente, é tão considerado pelos chineses, pois além de ter se despedido de Buda, foi o primeiro a chegar, montado em um Boi que foi o segundo a se despedir.

Como o papo está cheirando a queijo, alguém consegue lembrar de um camundongo famoso? Pois é, ele também lembra de todos. A Walt Disney, criadora de um dos ratos mais conhecidos do mundo, Mickey Mouse, começa a utilizar dessa mobilização de quase ¼ da população mundial para iniciar mais uma mega ação.

Tanto Mickey como sua simpática namorada Minnie, podem ser encontrados em vários lugares no Oriente, em lojas de jóias como pingentes, lojas de objetos decorativos e até andando em trajes tradicionais, principalmente na Disneylândia de Hong Kong. Dentre as ações para fidelização e manutenção da boa imagem da marca, o parque em nota, prometeu ao primeiro menino e menina que nasceram nesse novo ano que iniciou, ingressos gratuitos vitalícios.

Tudo bem que as crianças deram sorte, eu aqui sempre quis conhecer a Disney e eles já nascem praticamente dentro dela, porém, mais sorte mesmo tem a Disney, imagina, uma brecha para ações oportunistas é o que todos esperam, agora, um ano inteiro de brechas, isso mostra que realmente é o Ano do Rato.

Um comentário:

Renata Carvalho disse...

Meu sonho conhecer a Disney, depois de tanto tempo que você escreveu o artigo espero ter realiazado seu desejo.