Sangue Negro

.

.
Não ia comentar nada sobre o filme, uma porque eu demorei um pouco para assistir e outra porque não me chamou tanta atenção, mas como de costume, fui ler alguns comentários sobre a produção, só para saber o que a galera anda pensando a respeito do longa ou ver algumas críticas, aliás, isso só depois de assistir, não gosto ver o filme com uma opinião já formada.

Tá, vamos ao que interessa. Li algumas coisas sobre o filme ter sido comparado ao clássico Cidadão Kane de Orson Wells, o que achei um abuso, foi então que comecei a prestar mais atenção. Já que é para comparar vamos comparar.
.

.
1º, eu não achei a interpretação de Daniel Day-Lewis digna de Oscar como foi, não ao ponto de ter tirado de Johnny Depp a estatueta por Sweeney Todd - O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet, belo musical e ótima fotografia.

2º, o filme apresenta uma história legal, não vou negar, mas os diálogos não são bons, não comparo nem aos filmes do grandioso Wood Allen, mas até o Batman tem diálogos melhores.

E 3º, a música. Criação de Jonny Greenwood, guitarrista do Radiohead, pesada, boa, estilo bate estaca, mas não conversa com o filme, tempo e época. Os elementos usados, se comparados ao que Mario Nascimbene usou em suas obras como por exemplo, “Mil Séculos Antes de Cristo” ou “Criaturas que o Mundo Esqueceu”, não ficam nem próximos.

É mais ou menos isso o que achei. Como disse, não ia comentar, só que não resisti. Recomendo o filme, mas não vá esperando nada de muito espetacular. Além do mais, Orson Wells deve ter ficado tão contente com as comparações, que quase voltou a vida para regravar a Guerra dos Mundos 2 (maldade hehe).

2 comentários:

Victor disse...

não vi o filme ainda
mais com com certeza o Johnny Depp é melhor
afinal de contas ele estava muito foda em O Barbeiro Demoníaco e Piratas e no Piratas

abraço ai tiago

saudades ai

Tiago disse...

Viva Depp hehe.