Microconto #107

Não tinha mais como esconder a bruxaria, depois de queimada 7 vezes na inquisição.

9 comentários:

Iasnara disse...

não deixa ninguém dormir, tem que morrer mesmo.

Tiago F. Moralles disse...

Pronto, olha a outra com a bruxa solta aí também.

Pattricia disse...

...bem depois de camada sete vezes vai continuar sendo queimada...eternamente...

Pattricia...

Tiago F. Moralles disse...

Eternamente Paty.

Juliana Vermelho Martins disse...

Tiago

Estou retribuindo sua visita ao meu blog (de janiero!). Sou assim, looooonga! como são longos meus textos, e também comentários :-)

Semana passada atingi o que tinha dito a mim mesma que seria meu Nirvana: escrevi microcontos!!!! Mas agora, ao chegar aqui e ser surpreendida pelos seus (excelentes, aliás), vi que meus microcontos são ainda enciclopédicos perto dos seus! Estou sempre atrás, não adianta!

Os microcontos são inéditos ainda. Aparecerão em breve no meu blog.

Vou ler seu texto no "Casa lembrada, casa perdida". Confesso que ainda não vi.

Um abraço e apareça mais vezes! Gostei daqui, pretendo voltar.

Juliana

Blog da Satine disse...

quero parabenizar vc pelo micro-drama...muito legal mesmo!
bjs

Tiago F. Moralles disse...

Valeu pela vista Ju.
Mas agora fiquei curioso, quero ver os microcontos hehe.
_

Gostou então do MicroDrama Satine?
Fico feliz, tem mais projetos vindo por aí, vamos ver o que vira.
Microbeijo.

Juliana Vermelho Martins disse...

Tiago!

Ufa! Estou aliviada! O que não faz um prefixo?

Percebi que o que consegui escrever foram minicontos e não microcontos, o que faz toda a diferença! Afinal, os quarenta aninhos ainda me autorizam, ainda que no limite do ridículo, a usar uma minissaia. Uma microssaia... jamais!

Apesar de aliviada, descobri de qualquer forma que ainda estou no meio do caminho entre o exagero e a concisão. Dá pra ver pela extensão do comentário.

Um dia chego lá!

(Os minicontos farão sua estréia no blog ainda esta semana)

Bruno Philipppsen disse...

huahuahuahua! Que perfeito esse! Muito inteligente! Valeu pela visita e pelo seguimento! Abraço!