Microconto #127

Abandonada com o filho na barriga, a mulher xingaria pelo resto das noites:
- Só a cabecinha né? Filadaputa!

14 comentários:

Felipe A. Carriço disse...

Nisso que dá p* não ter ombro!

Victor Carvalho disse...

Só a cabecinha? Taí algo que só existe na teoria. E olhe lá.
Boa! Ri pra caralho com esse.

Gordinha disse...

Ela é pobre né? Pq se fosse rica falaria que foi produção independente!
=D

Iasnara disse...

hahaha, tão fodida quanto a que diz: - só nas coxas.

Tiago F. Moralles disse...

Pelo visto vamos discutir a paterninade heim.

Sakana-san disse...

Uahahahah! Tem gente que cai nessa ainda... Um xará seu me indicou seu blog, o Thiago Soares. Abraço.

Tiago F. Moralles disse...

Vulgo Argentino hehe.

A l e disse...

Haha demais! Vai ficar se achando burra pro resto da vida... se bem que tem gente que comete esses mesmo erros repetidas vezes..
Seu blog é bacanão! Encontrei pelo twitter!

Tiago F. Moralles disse...

Espero que você cometa esse erro de voltar aqui mais vezes então Ale hehe.

disse...

Quer apostar que o filho vai nascer com a cara do pai? hahahahah

Juliana Vermelho Martins disse...

Com certeza ela também acredita em Papai Noel e Coelhinho da Páscoa. Cegonha, acabou de saber que não existe! :-D

Tiago F. Moralles disse...

Cegonha já era, e como disse a Cá, a cara do pai vem por aí.

Silvia disse...

Os remelentinhos vem a galope!

E mesmo que fosse,se é através dela que o perigo se expande.

Thiago Araujo Santos disse...

Master master... " Chorei de rir "