Microconto #131

Nosso amor crescente me faz gostar de você mais do que quando comecei esse conto.

20 comentários:

Gordinha disse...

Que fofo! Tem nome isso? Foi pro Paulo? hahahahah!
Bjs.
=D

Tiago F. Moralles disse...

Espero que eu encontre pessoas que se identifiquem com essa história.
Alguém por aí. Com coração?

Felipe A. Carriço disse...

Singelo e grandioso, caro Moralles.

Victor Carvalho disse...

Coisas assim me fazem perceber que o mundo sempre vai ter lugar pro bom e velho romance.

Nayara Diniz disse...

Gostando mais que ontem e menos que amanha? Como se cada idiotice fosse apaixonante.

Bjo.

Iasnara disse...

ai Tiago, sabia, eu sabia!
Você é romântico. Se eu tivesse coração, te daria.

;)

Fernando Luz disse...

Nada como um escritor apaixonado. :)

Tiago F. Moralles disse...

Puxa Tálita, acho que tem gente com coração aqui heim?
Tirando a ISA hehe.
Valeu pessoas.

Natalya Nunes disse...

Tiago, lindo o teu microconto. Como sempre, poucas palavras e muita sensibilidade.

O amor é realmente assim...Cresce a cada segundo e acaba nos diminuindo.
Como disse o grande William Shakespeare, "É um amor pobre aquele que se pode medir."

Melhor perder as contas do tamanho do amor, do que ter um coração tão pequeno que não tenha espaço para sentimento tão nobre.

Parabéns!
@nataozinha

Tiago F. Moralles disse...

Fofíssima citação de Shakespeare.
Valeu Naty.

Gordinha disse...

Ei eu falei que era fofo, não conta não?
hahahaha!
Bjs!
=D

A beleza do erro puro do engano da imperfeição disse...

"Que a importância de uma coisa há que ser medida pelo encantamento que a coisa produza em nós" Manoel de Barros

Gosto disso, simples e incrível!

disse...

Saudade dos meus amores...

Tiago F. Moralles disse...

Pessoas com coração (incluindo a ISA): 8

Frígidas (incluindo a Tálita): 1

Hehehe.

Valeu Dane e Cá.

Beijos.

Gessica Borges disse...

Sinceramente? Mais surpreendente do que "fofo", vindo de você. Haha

" Todo dia acordo te amando mais", a frase que todo romântico adora ouvir =D

Que bonito Ti! ;)

Rai.~ disse...

é o bom e velho...

"te amo mais do que ontem e menos do que amanhã."

Andiara Dee Dee disse...

Olá, rapaz! Não sei se me comunico com a pessoa desejada, mas não importa, pois o que encontrei aqui é muito interessante. Enfim, assisti alguma coisa num programa de TV e falava sobre microcontos no Twitter, ações urbanas com arte no prato principal. És um dos participantes? Gostaria de saber mais sobre isso, admiro as infinitas expressões literárias e subversivas... A respeito deste post: o instante, contínuo, constrói vertiginosamente o existir. Favoritado, beijos!

@andiaradeedee

Tiago F. Moralles disse...

Lá vem a Gessica que não acredita que eu posso ser romântico ainda.
_

Rai, com certeza.
_

Olá Andiara.
Não sei se faço parte do assunto em questão, mas tem coisa minha rolando por aí.
Obrigado por ter vindo e por ter gostado.
Microbeijo.

camilla disse...

saber que o romantismo ainda existe me faz ter mais vontade de amar do que quando comecei esse conto.

Cristiano Contreiras disse...

O amor leva ao progresso!