Microconto #238

Sob a árvore,
olhando a mata destruída,
descansa o lenhador.

14 comentários:

disse...

guilty pleasure...

Fernando Segredo disse...

Me lembrou um anúncio de wwf.
Mto bom!

Talita Prates disse...

pois é.
os sentidos são particulares.

bjo, Ti.
querido.

Tiago Moralles disse...

Bem particulares.

Anônimo disse...

Só faltou ele tragar o cigarro como se acabasse de terminar uma transa, o gozo foi o mesmo...

Renata Levy disse...

Será que ele observa com prazer ou culpa?

Renata de Aragão Lopes disse...

Que descanse sem paz.

Mariana Andrade. disse...

é. foi bem particular pra mim.

Lucão disse...

Tiago, seus textos são mto legais, velhinho.
Parabéns!

mta coisa fina por aqui
e a simplicidade é a xarada.

Barbara C disse...

Me pergunto se este lenhador esta olhando e nada pensando ,ou se ele tem alguma reação oposta do que acabou de fazer.

Tiago Moralles disse...

É senhores, aí vem a questão, culpa ou prazer?
_

Valeu Lucão.
Sinta-se em casa.

Natalya Nunes disse...

Posso voltar aqui depois de tanto tempo?..rs

Que saudades de te ler, Tiiiiiiiii....


Ta arriscando Haikais?

Um beijo enorme!

mari disse...

E deve imaginar: o que foi eu fiz?

Tiago Moralles disse...

Haikais não é comigo não, deixo pra Felipe hehe.
Que gostoso ouvir isso, obrigado por ter você de volta.
Microbeijos.