Microconto #147

As nuvens levaram uns 3 animais,
do meu sorvete metade já derreteu e o papai,
com a bola,
continua brincando de morto na poça de sangue.

20 comentários:

Marcelo Mayer disse...

isso que é felicidade!

Natalya Nunes disse...

Concordo com o Marcelo, isso que é felicidade (ao avesso).

O Ti é 'polipolar'...rs
Adoro sua versatilidade pra escrever, viu guri.

Victor Carvalho disse...

Achei demais esse, mas vou ficar pensando por um tempo até acumular as dezenas de interpretações que eu fiz.

Tiago F. Moralles disse...

Olha o Victor aí, depois eu que sou polipolar hehe.
Valeu pessoas.

Felipe A. Carriço disse...

Mão esquerda no azul... é Twister!

Michelly Barros disse...

sempre acho q um bom retrato é aquele que o poeta escreve com os olhos da alma e consegue ser lido pelos olhos da alma das outras pessoas... adorei!

Gessica Borges disse...

This is war.

Tiago F. Moralles disse...

Twister é o que vai virar a vida dessa criança hehe.
_

Belas palavras Mi. Adorei também.
_

Gé? Isso é só o começo.

Dandara disse...

polipolar.
pelo menos você transita entre um liquidificador de sentimentos então!

não sei se polipolar, mas baby com tesão e uma criança pueril já vi. Então prefiro dizer que aí dentro devem morar vários personagens vestidos de diversas roupas costuradas por linhas de sentimentos diferentes.

Katrina disse...

Sorvete sabor sangue. Gostei

Mahria disse...

Vou ficando com o Victor Carvalho. Li, reli e me veio tantas interpretações. Ah esses poetas...

Bjs
Mah

carla l. disse...

As nuvens levaram um humano também.

Engraçado o teu perfil... Eu tenho o sonho de ser escritora, pretendo virar jornalista (redatora) porque sei que ser escritora não dá muito futuro nesse país, adoro escrever crônicas mas raramente consigo escrever um microconto, eles sempre saem maiores do que eu previa.

Gostei daqui! Visitarei mais vezes.
Um beijo!

A Moni. disse...

Me lembrou "A Vida é Bela", quando só o olhar infantil é capaz de ver cores na barbárie...

E a vontade de ser criança cede lugar ao medo de nem crescer...


(Fecho com a polipolaridade, viu? Mas que legal, isso, pelo menos assim, nesse caso...rs)

Tiago F. Moralles disse...

Polipolar, sangue e amenidades macabras. Adorei os comentários.

Ps.: Carla, volte sim, deixe sempre um bilhete na geladeira.

Fernando Segredo disse...

Agora fica a pergunta:
Quais animais as nuvens levaram?

Renata de Aragão Lopes disse...

Céus!!!

Sakana-san disse...

Se fosse a mãe em meio à poça de sangue poderia ser apenas um acidente de ordem ginecológica. ^__-

p disse...

Bonita cena. Animais na nuvens, sorvete escorregando, sague. Tá tudo ali. Forte e rápido.

Tiago F. Moralles disse...

Boa pergunta Fernando, não sabemos o passado do pai.
_

San, até que seria uma saída pra não ficar tão triste hehe.
_

P (vulgo café pequeno), fiz o possível pra não deixar nada faltar.

Adriana Gehlen disse...

cara, tu é ótimo.